Dicas de detox pós-festas!

E hoje já estamos no primeiro dia útil de 2018. Se divertiu muito na Virada do Ano? Está precisando de uma forcinha para ter mais energia após dias de festas e exageros? Então confere as dicas da nutricionista Manuela Valente, da Dieta Vitória.

Frutas vermelhas

Uva, cereja, amora, açaí ou mirtilo são antioxidantes e anti-inflamatórios e são importantes protetores hepáticos, tendo em vista que o fígado é nosso principal órgão responsável pela  destoxificação (palavra difícil de escrever e memorizar, mas que significa desintoxicar e as dietas detox são baseadas na detoxificação que é outra forma de escrever e que tem o objetivo de ajudar o organismo a liberar substâncias tóxicas que tenhamos ingerido.

Folhas verdes-escuras

Agrião, brócolis, repolho, rúcula e couve contêm compostos enxofrados que contribuem para a eliminação de xenobióticos. (Xenobióticos são compostos químicos estranhos ao organismo humano, produzidos pela indústria ou pela natureza, através de vegetais e fungos).

Ovos

São fonte de colina que facilita o transporte da toxina para sua eliminação.

Peixes 

Sardinha, corvina e cavala são fonte de aminoácidos enxofrados de fácil digestão e fonte de ômega 3.

Chás 

Chá verde, dente de leão, menta e camomila são fonte de quercetina e catequinas, com ação anti-inflamatória e destoxificante – pode ser consumido gelado e com limão para refrescar.

Oleaginosas e sementes 

Castanha do pará, amêndoas, macadâmia, linhaça, semente de girassol, chia são fonte de nutrientes essenciais como selênio, zinco, cobre, manganês, magnésio e cálcio. São elementos essenciais para fase de detox, e sem eles não conseguimos eliminar as toxinas do corpo.

Temperos e especiarias que não podem faltar 

Cúrcuma, alecrim, páprica, pimenta preta, gengibre, salsa, manjericão, alho e cebola.

Faça seu sal de ervas – misture sal marinho, alecrim, orégano, salsa, sálvia e manjericão.

Água e água de coco – promovem hidratação e facilitam a excreção de toxinas.

Como incluir todos esses alimentos funcionais no dia a dia? 

Café da manhã – ovo caipira com cúrcuma, orégano e pimenta preta. Chá verde gelado com limão.

Lanche da manhã – faça um belo suco com frutas vermelhas e água de coco. Consuma algumas oleaginosas como castanhas e sementes.

Almoço – aposte em muita salada de preferência com folhas verdes-escuras, pimenta biquinho, peixe e arroz integral. Se possível, tempere com sal de ervas e azeite de oliva extra virgem.

Açaí é uma boa opção para o final da tarde, e de preferência sem açúcar.

E o famoso suco detox? Manuela Valente declara: “Ele é excelente, mas vale lembrar que sozinho não faz milagre, precisamos de uma alimentação balanceada para conseguir promover uma boa destoxificação. E vale ressaltar que o suco deve ser consumido de preferência sem coar,  porque as fibras são excelentes neste processo de detox: elas carregam as toxinas, o colesterol e o açúcar do sangue.”

E a nuticionista lembra que: “Quando coamos o suco detox, ele continua com a ação detox, mas perde as fibras, que são fundamentais nesse processo. Portanto, a melhor opção é tomar sem coar!”

Depois das festas de final de ano, com os abusos na alimentação, com excessos de gordura e açúcar, devemos consumir muita água e ter uma alimentação balanceada para ajudar neste processo de eliminação de toxinas. Tome água, suco detox e uma boa dica para quem não tem esse hábito é fazer as água saborizada com gengibre, hortelã e canela em pau. Os chás (mencionados acima) também são indicados e com o limão agregam o benefício da vitamina C.

A água de coco é uma excelente opção também, e é fonte de minerais e vitaminas. Quem está em processo de dieta, para reduzir peso, precisa ter cuidado no consumo, para não prejudicar o processo. Caso não haja preocupação com o emagrecimento, a água de coco é uma ótima  opção para ajudar a limpar o corpo dos abusos do final de ano. (Eu amo água de coco, tomo quuase diariamente).

Ainda tem dúvida? Procure uma nutricionista, ela pode te ajudar a montar um cardápio especialmente para você e que atenda as suas necessidades individuais. Nada de se arriscar em dietas mirabolantes que prometem resultados imediatos. Não existem milagres. Toda dieta precisa de orientação adequada para que ajude a mudar hábitos de alimentação para chegar ao resultado desejado sem agredir a saúde.

Feliz 2018 com muita saúde e bons hábitos alimentares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *