Maturidade feminina em uma jornada sensorial

Nos últimos dois anos o empoderamento feminino e as mulheres com mais de 50 anos estão na berlinda, gerando discussões sobre o feminino, o feminismo, a maturidade da mulher do século XXI. Acho o máximo este tipo de discussão, pois apesar de todas as conquistas das mulheres até aqui ainda temos muito para chegar em uma sociedade com equidade entre os gêneros, uma sociedade onde todos seremos vistos como humanos e não como mulheres e homens.

Um dos tabus que começam a ser quebrados é o da mulheres maduras (não gosto deste termo, mas ainda não achei um melhor) ou mulheres ageless (como estão chamando a nova geração de mulheres que assumem suas idades e aparências). Vivemos em uma sociedade que idolatra a juventude e que prega que pra ser bela precisa ser jovem. Finalmente, isto começa a mudar com mulheres de 50 que assumem seus cabelos brancos, levam uma vida super ativa, respeitam suas rugas mas cuidam da pele, do corpo e se sentem jovens assumindo suas idades e valorizando seus pontos fortes.

Pensa em uma mulher de 50 anos há décadas atrás. Existia todo um código social na vestimenta – mulheres de 50 trajando jeans e tênis era estranho e fugia aos padrões, por exemplo; cabelo comprido nem pensar, era coisa de jovens, mulheres mais velhas usam cabelo curto e iam ailorando os fios com a idade. Assumir os fios brancos era coisa de mulher desleixada.

Hoje uma mulher com 50 ou mais veste jeans, tênis, usa cabelo comprido na cor que quiser e até mesmo assume os brancos em visuais transados. Trabalha, tem vida social e não está focada apenas nos filhos ou netos. Mantém a vida sexual ativa com maridão, namorados, enfim, vive a sua vida da forma que deseja.

Com isto, marcas de consumo começam a olhar para este público de forma diferente e promovem ações que discutam esta nova maturidade. Uma delas é a Plenitud, marca da Kimberly -Clark que oferece produtos para incontinência urinária, que afeta mais as mulheres. Segundo dados de 2013 da Sociedade Brasileira de Urologia uma em cada 4 mulheres acima de 40 anos sofrem de incontinência urinária.

Na terça-feira, 15 de agosto, a Plenitud realiza o evento Novos 50: a maturidade feminina em uma jornada sensorial.

A apresentadora Astrid Fontenelle volta a ser a mediadora de mais um bate-papo promovido pela marca, que este ano contará com três momentos. O evento começa com discussão intitulada “Gerações sem idade”, um bate-papo bem-humorado com a participação de Costanza Pascolato (minha diva inspiradora em elegância e na questão de assumir a idade), Maria Ribeiro e Astrid Fontenelle para mostrar como diferentes gerações estão redefinindo o que é amadurecer. Em seguida, a antropóloga Mirian Goldenberg e o Dr. José Bento – ginecologista e obstetra, autor do livro recém-lançado A Saúde da Mulher – comandam o painel “Mulher: corpo, comportamento e saúde”, e quebram os tabus vividos desde a menopausa à incontinência urinária. Por fim, a Firmenich, maior empresa privada de fragrâncias e aromas do mundo, apresenta “A maturidade feminina em uma experiência sensorial”, mostrando a jornada da mulher de forma única.

“As mulheres 50+ de hoje passaram pela revolução feminina nos anos 70, entraram no mercado de trabalho, escreveram e escrevem uma nova história. Nós, como marca, temos a missão de abordar os desafios destas mulheres em relação ao corpo e à sociedade, promovendo insights sobre uma nova reinvenção: a da maturidade”, declara Priya Patel, diretora de Cuidados Femininos e Adultos da multinacional Kimberly-Clark.

Promovido pela marca Plenitud, Novos 50: a maturidade feminina em uma jornada sensorial acontece no Museu da Casa Brasileira, em São Paulo, no dia 15 de agosto, às 18h, com vagas limitadas. A inscrição deve ser feita pelo Facebook da marca (www.facebook.com/vivaplenitud/), em um post convidando as seguidoras para o evento.

Serviço
Localização: Museu da Casa Brasileira, Av. Brg. Faria Lima, 2705 – Jardim Paulistano, São Paulo – SP
Agenda:
18h| Coquetel de recepção
19h00 | Início do evento
Abertura com Astrid Fontenelle
Painel “Gerações sem idade”, com Costanza Pascolato e Maria Ribeiro
Painel “Mulher: corpo, comportamento e saúde”, com Dr. José Bento e Mirian Goldenberg
Painel “A maturidade feminina em uma experiência sensorial”, com a Firmenich
Ativações especiais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *