Festival de Gastronomia Latina e Festival de cinema latino-americano de São Paulo

Nos dias 29 e 30 de julho o Memorial da América Latina recebe, das 10 às 21 horas, o Festival de Gastronomia Latina que acontece simultaneamente ao Festival de cinema latino-americano de São Paulo (confira locais e programação). E o melhor: é super fácil ir de metrô até o Memorial da América Latina e também de trem, carro, bike! Ou seja, não tem a desculpa que a locomoção é difícil. Então se tem interesse em conhecer mais da cultura e dos sabores dos países vizinhos se joga.

 

Tacos

 

Populares na Venezuela e Colômbia, as arepas marcam presença no festival com vários recheios (guacamole venezuelano+frango desfiado+queijo; pernil+queijo; carne desfiada+queijo+banana da terra) e valores entre R$13,00 e R$25,00/unidade. E que tal um tequenho? O quitute venezuelano é uma espécie de “dedo” de queijo, envolto por massa fina de trigo e recheado com queijo (R$20,00/6 unidades). As empanadas, típicas do Chile e Colômbia, e assaltenhas (espécie de empanadas bolivianas) podem ser encontradas nos sabores de carne, frango, carne seca, fricassê, palmito, escarola, queijo, pizza, calabresa, com preços de R$5,00 a R$20,00 (dependendo do tamanho, recheio e quantidade por porção).

Prefere um Choripão, lanche típico da Argentina, feito com linguiça suína artesanal com pedaços de provolone e molho chimichurri, servido no pão caseiro? Ele sai por R$15,00. Ou Costillas BBQ, costelas preparadas com molho barbecue que dá um sabor único ao prato? No Festival tem por R$27,00. Já o  patacon, iguaria feita com banana da terra verde e frita, está entre  R$8,00 a R$23,00; e a porção de banana chips (R$6,00).  Já experimentou a picada colombiana? O prato que leva, entre outros ingredientes típicos da Colômbia, papas criollas (batata) e morcilla colombiana (embutido), oferece uma explosão de sabores e custa entre R$20,00 e R$28,00.

Gosta de ceviche (R$20,00 e R$35,00)? Tem de peixe branco, lula, salmão, camarão, mix (combinação de peixes e frutos do mar), com coentro, pimenta dedo de moça, cebola roxa, gengibre, milho cozido, batata doce, cubos de abacate e leite de tigre (molho à base de limão e caldo de peixe). Converse com os expositores para encontrar a combinação perfeita para o seu paladar. O México comparece ao Festival com seus tacos (R$16,00), burritos (R$22,00), quesadillas(R$17,00), chilli com nachos (R$20,00) e guacamole com nachos (R$20,00). E o Brasil, com sua gastronomia tão variada, também está muito bem representado. Tem acarajé (R$15,00), cuscuz paulista (R$10,00), porção de camarão (R$25,00),tapioca e espetinho de camarão (R$10,00), baião de dois (R$20,00), e ainda pastelgalinhadaarroz carreteirofeijão tropeirofeijoada e lanche de pernil.

Quem quiser experimentar uma sobremesa de origem latina pode optar entre obleas, da Colômbia – uma espécie de sanduíche feito com dois discos de uma variação do wafer, recheadas com doce de leite  ou leite condensado (R$10,00) – ou a mazamorra, do Peru, elaborada com milho roxo (R$5,00). E para completar a refeição típica tem a frozen margarita(R$12,00); chicha morada, refresco artesanal de origem andina que leva milho roxo, abacaxi, canela, cravo e maçã (R$5,00); suco de lulo, fruta originaria da Colômbia e Equador, (R$7,00); suco de tomate arbol, encontrado nas regiões tropicais da América do Sul (R$7,00); suco appy, feito com milho roxo e servido quente (R$7,00); a limonada com coco, tradicional em Cartagena, na Colômbia (R$6,00); e a brasileiríssima limonada com rapadura (R$7,00).

 

12º FESTIVAL DE CINEMA LATINO-AMERICANO DE SÃO PAULO

Já pensou se deliciar com todas essas maravilhas e ainda poder assistir, gratuitamente, a diversos filmes bacanas? No sábado e domingo tem sessões na Praça Cívica (ao ar livre) e na Biblioteca Latino-Americana. É só conferir a programação do final de semana:

29 e 30/07, às 18h30, na Praça Cívica – sessões ao ar livre
Dominguinhos
 – Brasil | 84 minutos | classificação livre
Sinopse: Um retrato do sanfoneiro, cantor e compositor Dominguinhos (1941 – 2013), discípulo de Luis Gonzaga e autor de sucessos como “Eu Só Quero um Xodó”, “Gostoso Demais”, “De Volta Pro Aconchego” e “Lamento Sertanejo”. Sua obra revive em imagens de arquivo, derramando uma história que se multiplica em sons, versos e beleza.

29 e 30/07, na Biblioteca Latino-Americana
às 11h – Castelo Ra-Tim-Bum, o Filme
 – Brasil | 101 minutos | classificação livre
Sinopse: Nino é um aprendiz de feiticeiro que apesar de seus 300 anos de vida tem a aparência e o espírito de um garoto. Sua família aguarda o alinhamento dos planetas para fortalecer seus poderes.

às 13h, Cantando de Galo – México | 98 minutos | classificação livre
Sinopse: Toto é o menor galo na fazenda onde nasceu, mas seu sonho é ser um grande líder. Agora, ele e seus amigos devem impedir que um fazendeiro destrua o seu lar, sendo preciso buscar um treinador para defendê-los.

às 15h, Pitanga –  Brasil | 110 minutos | classificação: 12 anos
Sinopse: Documentário que investiga o percurso estético, político e existencial do ator Antonio Pitanga que, dirigido por grandes cineastas – como Glauber Rocha, Cacá Diegues e Walter Lima Jr. – foi destaque em alguns dos momentos de maior inquietação artística do cinema brasileiro.

 O Festival de Gastronomia Latina é uma realização da Art Shine Promoções e Eventos e com apoio cultural da Fundação Memoria da América Latina, Governo do Estado de São Paulo e Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo.

 

Serviço – Entrada gratuita
Festival de Gastronomia Latina – https://www.facebook.com/events/1902694856634805/
Data: 29 e 30 de julho
Horário: das 10h às 21h
Local: Memorial da América Latina – Praça Cívica
Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664 (ao lado da estação metrô/trem Barra Funda)
Estacionamento: Portões 4, 8 e 15 (pago)
Bicicletário: ao lado do portão 9

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *